Operação prende suspeitos de matar garota encontrada em baú em Anápolis

217

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis, realizou, no dia 16 de novembro, operação policial que culminou na prisão de três envolvidos no crime de homicídio praticado em face da jovem Yasmin Kerolly Rocha da Silva, cujo corpo foi encontrado no dia 13 de junho do corrente ano. Na ocasião, a vítima foi localizada, com o corpo parcialmente queimado no interior de uma caixa de enxoval tipo baú, em uma estrada vicinal na região norte de Anápolis.

Segundo aponta a investigação, o crime foi praticado na madrugada do dia 12 de junho. Porém, os autores mantiveram o corpo da vítima no interior da residência onde o crime ocorreu e, na noite subsequente, se desfizeram do corpo da vítima, deixando-a no local onde foi encontrada.

L.E.S.S, de 20 anos, que manteve breve relacionamento amoroso com a vítima, foi identificado com o autor da esganadura que provocou a morte de Yasmim, tendo praticado o crime movido por ciúmes. J.S.P, de 22 anos, e R.M.O.T., de 19 anos, teriam prestado auxílio atraindo a vítima para o local de onde ela foi arrebatada.

Após o primeiro ter matado a vítima em sua residência, ele ainda recebeu auxílio de J.S.P para ocultar o cadáver. Os criminosos depositaram o corpo da vítima em uma caixa de enxoval e levaram para uma estrada vicinal onde atearam fogo em seu corpo.

Os envolvidos foram presos temporariamente e agora a Polícia Civil desenvolverá as últimas diligências para conclusão do Inquérito Policial que será remetido ao Poder Judiciário nos próximos 30 dias.