Operação Scriptura mira associação por falsificar documentos para aplicar golpes imobiliários

107

A Polícia Civil, por meio da 21ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) de Goiânia, deflagrou hoje (19) a Operação Scriptura. Foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão nas cidades de Goiânia e Aparecida de Goiânia. Os alvos são integrantes de uma associação criminosa, composta por corretores de imóveis e falsos advogados, voltada ao cometimento de estelionato e outras fraudes.

O grupo criminoso agia mediante falsificação de escrituras e procurações públicas de imóveis, transferindo suas propriedades para “laranjas” e depois colocando à venda no mercado.

No inquérito instaurado, foram identificadas mais de 40 vítimas lesadas, as quais sofreram prejuízo estimado em mais de R$ 10 milhões de reais. Durante o cumprimento dos mandados, foram apreendidos celulares, computadores e documentos que devem comprovar a prática dos ilícitos, além de grande quantidade de dinheiro em espécie, uma pistola 9 mm e um fuzil.