Operação Sinuca de Bico: PCGO prendem investigados por homicídio em Aparecida de Goiânia

515

A Polícia Civil, por meio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia, deflagrou, no dia 22 de dezembro de 2020, a Operação Sinuca de Bico. A finalidade foi cumprir 3 mandados de prisão temporária e 3 busca domiciliar em desfavor de indivíduos suspeitos de serem os executores do homicídio de Giovanne Ferreira da Costa, 21 anos. A vítima foi morta no dia 19 de outubro do ano passado, no Setor Independência Mansões, em Aparecida de Goiânia.

Durante as diligências, os policiais civis conseguiram cumprir mandado de prisão temporária expedido em desfavor de um dos investigados que teria conduzido a motocicleta utilizada no crime, tendo o veículo também sido apreendido no desenrolar da operação.

No endereço de Élson dos Reis Pereira, 37 anos, vulgo “Parazinho”, suspeito de ter sido o responsável pelos disparos que ceifaram a vida de Giovanne, a equipe policial recebeu a informação de que ele se encontrava no Estado do Pará.

Após troca de informações com a Polícia Civil do Estado do Pará, por intermédio da Força Nacional de Segurança Pública (Ministério da Justiça), os policiais civis de São Domingos do Araguaia (PA) fizeram a abordagem ao veículo de Élson. O investigado, porém, conseguiu fugir para uma área de mata. Os policiais civis também descobriram que “Parazinho” se apresentava, no Pará, pelo nome de “CARLOS DANIEL DA SILVA RODRIGUES”.

Com base nessas informações, o GIH de Aparecida representou pela prisão preventiva de Élson dos Reis Pereira, vulgo “Parazinho”. A medida foi deferida pelo Poder Judiciário da Comarca de Aparecida de Goiânia. Quem tiver informações sobre o paradeiro do investigado, por fazer denúncia anônima para o Disque 197 da Polícia Civil. Ou entrar em contato com o GIH pelos números (62) 3201-3902 e (62) 98461-0128. Os investigados respondem a inquérito policial pelo crime de homicídio qualificado.