PC cumpre preventiva de autor de tentativa de latrocínio na zona rural de Rio Verde

251

A Polícia Civil, através do Grupo Especializado de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Rio Verde, em continuidade à Operação Aggressive, destinada a coibir a prática de crimes de roubos violentos na cidade, cumpriu nessa quarta-feira (22/6) o mandado de prisão preventiva em desfavor do investigado Waldemiro Ribeiro. Na ação criminosa, ocorrida no dia 29 de janeiro deste ano, os executores do crime de roubo subtraíram vários objetos da residência das vítimas, bem como utilizaram de violência excessiva consistente em amarrar, dar golpes de coronhadas na região da cabeça, chutes, socos, facadas e aplicação de líquido inflamável nos corpos das vítimas, pessoas humildes e residentes na zona rural de Rio Verde.

Na investigação, Waldemiro e seu comparsa de Fávio Augusto da Silva foram identificados pela Polícia Civil como executores da ação covarde e violenta. Fávio ainda está foragido e segue sendo procurado pela PCGO.

A divulgação das imagens e das identificações dos investigados foi precedida nos termos da Lei nº 13.869/2019, portaria normativa nº 547/2021/DGPC, tendo em vista o interesse público no sentido de identificar outras vítimas de crimes patrimoniais ocorridos em Rio Verde.