PC de Goianira conclui inquérito de homicídio e busca indiciado foragido

698

A Polícia Civil de Goianira concluiu nesta quinta-feira (25/01) o inquérito policial que apurava um homicídio ocorrido em junho de 2017, no Residencial Parque dos Girassóis, e indiciou Elias Alves Bispo, de 39 anos, e João Alves (vulgo Marcos), de 51 anos, pela morte de F. P., de 40 anos.

De acordo com o delegado Bruno Costa, os autores se utilizaram de uma pistola e um revólver para matar a vítima, que foi atingida por dezesseis tiros, após discussão no “Bar do Elias”. Os envolvidos eram da comunidade cigana e a motivação teria sido ciúmes da esposa de um dos autores. Logo após o crime, os indiciados se evadiram da cidade.

Na sequência, a Polícia Civil representou pela prisão preventiva e solicitou apoio às Polícias Civil e Militar do estado do Maranhão. No dia 18 de janeiro de 2018, policiais civis de Peritoró (MA) prenderam em flagrante Elias Alves Bispo, por uso de documento falso e, assim, foi também cumprido o mandado de prisão preventiva em seu desfavor pelo homicídio cometido em Goianira. O indiciado João Alves permanece foragido.