PC e PM de Ceres apreendem menores que furtaram e destruíram centro de convivência e museu por não gostarem da comida servida pela instituição

542

Policiais civis de Ceres, coordenados pelo delegado Matheus Costa Melo, apreenderam, em conjunto com a Polícia Militar, os menores SFL, LVC e MCS, suspeitos de praticarem um furto na antiga Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), onde atualmente funciona o Museu Bernardo Sayão e o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos. A ação se deu na manhã de quinta-feira (19).

O furto ocorreu no último dia 16. Foram levadas 10 bolas de futebol de salão, coletes, telefones celulares, facas, duas armas de fogo, dentre outros objetos. Durante o furto, os menores praticaram atos de vandalismo no local: danificaram móveis, picharam paredes e inutilizaram diversos alimentos.

Ao serem ouvidos, os jovens confessaram os atos infracionais e alegaram ter promovido os atos de depresação no local por não gostarem da comida a eles servida gratuitamente pela Prefeitura durante os eventos semanais.

Já na delegacia, os menores contaram detalhes de suas ações e indicaram os lugares onde os objetos estavam escondidos. Após diligências, foram recuperadas duas armas de fogo e a maior parte dos demais objetos furtados.

Contra os três menores foi lavrado Boletim de Ocorrência Circunstanciado (BOC) e responderão pelo ato infracional análogo ao crime de furto. Participaram da operação os policiais civis Wliana Lima e Edmar Souza e os policias militares CB Mendonça e ALSD Peres.