PC indicia mulher que espancou filho após confusão por causa de R$ 2,50

339

Uma mulher de 34 anos foi indiciada pela DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) de Formosa por ter espancado seu filho com uma mangueira. O fato ocorreu no dia 26 de dezembro de 2017. O menino alegou que a mãe não gostou do fato dele ter dado R$ 2,50 para sua irmã mais nova, e teria tomado o dinheiro da criança. Ocorre que a criança começou a chorar e a mãe passou a culpar o adolescente, tendo se apossado de uma mangueira e dado uma surra na vítima.

O menor conseguiu fugir de casa e ligou para o pai, que o levou até a delegacia. A ocorrência foi registrada e o Conselho Tutelar foi acionado. O garoto ainda foi submetido a exames e o médico legista destacou o uso de meio cruel pela autora, em virtude da quantidade de lesões observadas e descritas no laudo pericial.

A vítima foi ainda submetida a avaliação psicológica no Centro de Referência Especializada de Assistência Social do Município, cujo relatório apontou que, além das agressões físicas, o menor também sofreu agressão psicológica por parte de sua genitora.

Interrogada na delegacia, a mãe do adolescente confirmou os fatos. Caso seja condenada, ela pode pegar até 3 anos de prisão.