PC prende homem por descumprimento de medidas protetivas em Goiatuba

480

WhatsApp Image 2017-02-10 at 122Policiais civis de Goiatuba prenderam um indivíduo que, inconformado com o fim da relação com a ex-companheira, vinha proferindo-lhe ameaças de morte. O mandado de prisão preventiva em desfavor de W. G. M (foto), 49 anos, foi cumprido na sexta-feira (10).

W.G.M foi casado com a vítima, N.A.S.M, por 25 anos. Eles estão separados há dois meses. Desde a separação, Washington vinha ameaçando sua ex-companheira de morte.

No dia 24 de janeiro, N.A.S.M foi até a casa de W.G.M buscar seus pertences. Nervoso, proferindo ofensas verbais, novas ameaças de morte, o autor agrediu fisicamente a vítima com chutes e socos.
Posteriormente, passou pela porta da residência da vítima e lhe fez novas ameaças, dizendo não sentir medo da polícia. O autor já estava em desobediência a medidas protetivas de urgência, as quais determinavam que W.G.M se mantivesse afastado da vítima por 300 metros.

Por volta das 20 horas do dia 5 de fevereiro, N.A.S.M estava voltando da cidade de Buriti Alegre, acompanhada de sua irmã e seu cunhado, além de duas crianças.

Em determinado momento, a vítima percebeu que o autor estava perseguindo o veículo em que estavam. W.G.M se aproximou do automotor e ameaçou-a afirmando que a mataria. Ele teria afirmado que “de hoje não passa”.

Já na BR-153, o autor novamente tentou fechar o veículo da vítima. Após investigação e apuração dos fatos e autoria, a polícia civil ofertou ao judiciário local representação pela prisão preventiva, a qual foi decretada.

W.G.M foi indiciado pelos crimes de lesão corporal e ameaça (artigo 129 §9º e 147 do Código Penal Brasileiro) com as diretrizes da Lei 11.340/06 (Lei Maria da Penha). Após procedimentos, o autuado encontra-se recolhido, onde ficará a disposição da Justiça.