PC prende suspeito por autoria em crime de tentativa de homicídio em Luziânia

590

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Luziânia cumpriu mandado de prisão em desfavor de Juliano Dante da Silva, suspeito pelo crime de tentativa de homicídio qualificado, praticado contra Fabricio Braz de Morais Queiroz.

O crime aconteceu no dia 11 de julho de 2015, na zona rural de Luziânia e conforme apurado, no dia dos fatos o autor e a vítima participavam de uma festa, quando Juliano chamou a namorada de Fabrício para dançar, oportunidade em que se desentenderam.

Juliano proferiu ameaças a Fabrício, dizendo que voltaria para acertarem as contas. Em seguida, Juliano saiu da festa, retornando pouco tempo depois com uma arma de fogo em punho. Ao se deparar com a vítima, Juliano efetuou disparos em Fabrício, que não morreu por circunstâncias alheias à vontade do agressor.

Cumpre destacar que, recentemente, Juliano foi preso em flagrante delito, também pela equipe do GIH, ao ser surpreendido na posse de um verdadeiro arsenal (três pistolas, uma espingarda calibre 12 e munições de calibres variados), mas foi liberado após pagar fiança estipulada pelo Poder Judiciário.