PCGO cumpre, no Tocantins, prisão preventiva de suspeito por estupro de vulnerável

296

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Barro Alto, com apoio da equipe da 15ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Goianésia, cumpriu nesta quinta-feira (04) mandado de prisão expedido contra um homem de 29 anos pelo crime de estupro de vulnerável. O suspeito foi indiciado pela prática do crime contra uma criança de apenas 4 anos, fato que chocou a população local. A autoridade policial representou pela prisão preventiva do autor, que foi deferida pelo Poder Judiciário.

O autor estava foragido desde o cometimento do crime, em julho de 2020, e, após meses de investigação, foi capturado pelos policiais civis hoje, no estado do Tocantins, em uma fazenda, próxima a um assentamento, na cidade de Santa Fé do Araguaia.

Após as comunicações de praxe, o preso foi recambiado para a unidade prisional de Goianésia e encontra-se à disposição do Poder Judiciário. A operação contou com o apoio imprescindível das Delegacias de Polícia de Araguaína e Santa Fé do Araguaia, ambas do Tocantins.