PCGO prende suspeito de desaparecimento de empresário de Jataí

530

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio das delegacias de Mineiros e Jataí, prendeu, na quinta-feira (10), o suspeito do desaparecimento do empresário Alonso de Araújo, ocorrido no último dia 31 de outubro. As investigações, iniciadas logo após a comunicação do sumiço, mostraram que o homem foi assassinado por conta de uma dívida.

Segundo o delegado Thiago Martinho, responsável pelo caso, levantamentos mostraram que a vítima saiu de Jataí e foi a Mineiros na companhia do suspeito e, desde então, nunca mais apareceu. Na colhida do depoimento do homem investigado, ele entrou em diversas contradições, fazendo que a Polícia Civil começasse a tratar o caso como homicídio.

Através de linhas investigativas, foi possível detectar que o suspeito esteve em Mineiros, saindo de Jataí, por quatro vezes, no dia do desaparecimento, possivelmente para ocultar o corpo e outras provas. Assim, a autoridade policial representou pela prisão temporária do indivíduo, que foi detido em Jataí.

Já na delegacia de polícia, ele confessou a prática delitiva, dizendo ter matado o empresário no dia de sua chegada em Mineiros. Quanto à motivação do crime, o preso alegou motivação financeira, já que devia grande quantia de dinheiro à vítima.

O detido responderá pelo crime de homicídio qualificado e ocultação de cadáver, podendo pegar até 33 anos de prisão.