Piracanjuba: Polícia captura segundo autor de homicídio

803

A Delegacia de Polícia Civil de Piracanjuba realizou, na tarde desta quinta-feira (05), cumprimento do mandado de prisão temporária de Henrique Dionizio de Souza pela prática do crime de homicídio qualificado de Bruno Alex da Silva Fernandes e tentativa de homicídio de Adriano da Silva Fonseca, crime este ocorrido em 13 de janeiro.

A ação foi mais um desdobramento da operação deflagrada pela Polícia Civil de Piracanjuba, na última terça-feira (03), que resultou na prisão, em Aparecida de Goiânia, de Marcos Vinícius Pinheiro da Cruz, 21 anos, comparsa de Henrique no referido homicídio. Naquela ocasião, Marcos Vinicius foi detido ocultando um veículo roubado e portando diversas armas de fogo e munições, várias delas de calibre restrito.

Segundo o delegado Leylton Barros, que coordenou as investigações, todas as provas colhidas apontam para Henrique Dionízio e Marcos Vinícius como os responsáveis pela execução de Bruno Alex, e pela tentativa de homicídio de Adriano Fonseca.

O delegado acrescenta que prisão da dupla representa mais uma importante ação da Polícia Civil, uma vez que esse crime gerou muita revolta e medo entre os moradores. Na ocasião, os criminosos perseguiram as vítimas com uma motocicleta pelas ruas centrais de Piracanjuba, efetuando dezenas de disparos de arma de fogo. Toda essa ação ocorreu por volta das 20h de um sábado, horário em que diversas famílias frequentam os bares e restaurantes das praças centrais.

A detenção da dupla permitirá a realização de diligências finais que possibilitará a conclusão do caso. Os criminosos permanecerão detidos temporariamente até o fim das investigações, momento em que a prisão temporária deverá ser convertida em preventiva. Se condenados pelo crime, poderão pegar de 12 a 30 anos de reclusão.