Polícia Civil auxilia Ministério Público na Operação Críton, em Formosa

275

A Polícia Civil de Goiás deu auxílio nesta segunda-feira (16) na deflagração da Operação Críton, do Ministério Público Estadual. A operação teve por objetivo cumprir dez mandados de busca e apreensão na residência de ex-vereadores e ex-secretário do município de Formosa, bem como no gabinete da presidência da Câmara de Vereadores. A Polícia Civil, por meio dos policiais da 11ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Formosa, prestou apoio operacional para o cumprimento dos mandados.

A investigação do MPGO apura esquema criminoso de dispensa indevida de licitações, ocorrido entre os anos de 2012 e 2016, de modo que pessoas foram contratadas ilegalmente para prestar serviços na Prefeitura sem a realização de concurso público. O MP calcula que o prejuízo aos cofres públicos de Formosa com a fraude chegou a R$ 20 milhões. Os investigados respondem pelo crime de corrupção passiva.