Polícia Civil, com apoio do Graer, prende jovens suspeitos de latrocínio; corpo da vítima foi escondido em fossa

307
Marcos Antônio (azul) e Marcos Gabriel (branco)

A Polícia Civil, por meio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia, com apoio do Grupo de Radiopatrulha Aérea do Estado de Goiás (GRAER/PMGO), prendeu em flagrante, na madrugada de hoje (12), dois jovens suspeitos de cometer latrocínio: Marcos Antonio Cardoso Ferreira, 23 anos, e Marcos Gabriel Nery Souza, 27 anos. Marcos Antonio foi preso em Senador Canedo e Marcos Gabriel no Setor Vila Boa, em Goiânia.

O crime ocorreu na sexta-feira (09), no Setor Parque São Jorge, em Aparecida de Goiânia, e foi praticado contra Vanderlei Teodoro de Oliveira, idoso de 61 anos. Marcos Antonio é servente de pedreiro e trabalhava com a vítima, além de ser seu inquilino, já que morava no barracão no fundo da casa de Vanderlei. Marcos Gabriel não tinha vínculo com a vítima e apenas auxiliou o comparsa no cometimento do crime. O idoso foi morto com golpes de barra de ferro na cabeça e teve seu corpo ocultado em uma fossa da construção em que trabalhava. Os autores subtraíram da vítima R$ 700 em dinheiro, uma aliança e um celular. O delito foi motivado com a pura intenção de roubar pertences da vítima.

Arma do crime

As imagens e qualificações dos investigados estão sendo divulgadas em razão da primazia do interesse público sobre o particular, no caso em questão, tendo em vista ser possível que os investigados tenham feito outras vítimas. Portanto, a publicação guarda consonância com os ditames da Lei n.º 13.869/2019 e Portaria n.º 02/2020 da PCGO.