Polícia Civil conclui investigação de homicídio brutal em Santa Helena

479

A Polícia Civil de Santa Helena de Goiás concluiu a investigação acerca da morte do jovem Murilo Alves Martins (foto), desaparecido no dia 7 de abril, após se encontrar com outros quatro rapazes, os quais foram presos pelo crime. De acordo com as investigações, Murilo foi visto, no dia do desaparecimento, na companhia dos suspeitos. Silas Alves Vieira, Delmi Eterno da Silva de Oliveira, Matheus Alves da Silva e Waster da Silva Camargo confessaram o crime.

Segundo o delegado Dannilo Proto, responsável pelas investigações, Waster foi o último a ser detido, no dia 2 de maio, depois de passar um período em Goiânia e retornar para Santa Helena.  Os demais foram presos logo no começo das investigações, iniciadas depois que o carro em que o grupo estava foi localizado abandonado e com vestígios de sangue em um matagal da região.

Em depoimento, Waster confirmou a execução e disse que o corpo de Murilo foi jogado em um rio da região. O crime teria sido motivado por rixas entre grupos rivais, ligados ao tráfico de drogas. O delegado Dannilo Proto afirma que as buscas pelo corpo do jovem continuam.