Polícia Civil conclui investigação e indicia empresário por corrupção em Caldas Novas

651

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Caldas Novas, concluiu inquérito policial que apurava se um empresário teria oferecido dinheiro para fiscal de edificações não embargar obra irregular. O fato teria ocorrido no dia 29 de junho deste ano.

No curso da investigação, a Polícia Civil obteve áudios de conversas mantidas entre o empresário e o funcionário público por meio do Whatsapp, além de outras provas. Nessas conversas, o empresário busca que sua construção não seja paralisada, embora o projeto apresente irregularidades. Nesse contexto, diz ao fiscal: “Eu te dou um café aí”. “Vou te mandar procê aí uns quinhentos, cê para, quebra esse galho aí, deixa esse trêm passar aí (…)”. Diante disso, o empresário foi indiciado pelo crime de corrupção ativa, cuja pena pode chegar a 12 anos de prisão.