Polícia Civil cumpre prisão preventiva de autor de homicídio em Valparaíso; crime envolveu conflito amoroso

153

O Grupo de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Luziânia deu cumprimento nessa segunda-feira (28) ao mandado de prisão preventiva de um indivíduo supostamente envolvido na morte de uma pessoa. O homicídio ocorreu no dia 29 de fevereiro deste ano, em Valparaíso de Goiás.

De acordo com o apurado pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Valparaíso de Goiás, os autores desferiram diversas facadas no pescoço e na cabeça da vítima, até que ela fosse morta. O indivíduo preso foi interrogado pela Polícia Civil e narrou detalhes as circunstâncias do caso.

As investigações apuraram que, inicialmente, o preso era “amigo de infância da vítima”. No entanto, um relacionamento amoroso mantido, com a mesma mulher, simultaneamente pela vítima e por outro amigo do preso, gerou entre eles uma rixa.

Depois do crime, o indivíduo que foi preso agora fugiu para Timon, interior do Maranhão, retornando para Valparaíso de Goiás há apenas 10 dias.

O cumprimento do mandado de prisão se deu em via pública, após o Gepatri ter recebido notícia anônima que informava a localização do investigado. O preso foi recolhido na unidade prisional e encontra-se agora à disposição do Poder Judiciário. Ele responde a inquérito policial pelo delito de homicídio qualificado.