Polícia Civil de Goiás e do Tocantins prendem suspeitos de estelionato praticado contra vítima de Rio Verde

392

Nesta quinta-feira (19), policiais civis do Grupo de Repressão a Crimes Patrimoniais (GEPATRI) de Rio Verde compartilharam informações de investigação com policiais civis de Porto Nacional (TO), alertando que criminosos estariam naquele município com documentos falsos de uma vítima de Rio Verde, com a intenção de abrir contas em instituições financeiras e posteriormente retirar empréstimos, cartões de créditos, talões de cheques e outras ações visando a aquisição de valores.

Os policiais civis da cidade de Porto Nacional realizaram diligências naquela cidade, tendo localizado, em uma agência bancária, os dois indivíduos realizando a abertura de contas apresentando documentos falsos em nome de uma vítima moradora de Rio Verde. Neste sentido foi realizada a prisão em flagrante dos dois homens pelo crime de estelionato e uso de documento público falso.

As investigações prosseguem no sentido de identificar outros possíveis participantes e ainda saber como conseguiram falsificar documentos públicos.