Polícia Civil prende autor de homicídio na região do Quebra Linha, em Goianésia

358

Os policiais civis de Goianésia, através do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), prederam autor de homicídio na última quinta-feira (22).

No dia 15 de julho deste ano, o proprietário da fazenda onde vítima e autor trabalhavam procurou a Delegacia para registrar o desaparecimento da vítima. De acordo com o fazendeiro, o outro funcionário da fazenda relatou que a vítima havia saído da casa onde moravam, na manhã do dia 09 de julho, e não teria mais voltado.

Das investigações
Ao tomar conhecimento do ocorrido, os policiais civis do GIH iniciaram de imediato diligências para tentar localizar a vitima, procurando-o nas propriedades vizinhas, bem como no distrito conhecido por Quebra Linha. Estranhando que ninguém havia visto a vítima, bem como que seu perfil era de quase nunca sair sem avisar e sempre voltar para casa, os policiais focaram as investigações no outro funcionário da propriedade, pois ele e a vítima eram os únicos que moravam no local e, de acordo com testemunhas, apenas os dois estavam na fazenda no dia do desaparecimento.

No dia 22 deste mês, os policiais civis foram novamente até a propriedade rural para conversar com o investigado, oportunidade em que ele confessou o crime. De acordo com ele, ambos estavam bebendo, quando se iniciou uma discussão. O autor ficou irritado e teria empurrado a vítima, que teria caído e batido a cabeça. O autor relatou que saiu nervoso, foi para seu quarto, que fica afastado da casa da sede da fazenda, e dormiu. No outro dia, pela manhã, ao chegar na referida casa, percebeu que a vítima estava morta.

O autor relatou aos policiais que entrou em pânico e decidiu esconder o corpo e inventar a história do desaparecimento. Ele então apontou o local onde enterrou o corpo da vítima, momento em que foi preso em flagrante pelo delito de ocultação de cadáver. O autuado foi conduzido à Delegacia de Polícia e encontra-se à disposição do Poder Judiciário. As investigações continuam.