Polícia Civil prende casal suspeito de aplicar golpes milionários por meio de duplicatas a shoppings de Goiânia

392

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da 8ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) de Goiânia, deu cumprimento hoje (15) a dois mandados de prisão preventiva expedidos pela 11ª Vara Criminal da Comarca de Goiânia. Os mandados foram solicitados pela Polícia Civil e cumpridos contra um casal – um homem de 41 anos e sua esposa, de 35 anos. Ambos são empresários ligados a uma empresa do ramo de elétrica.

Os detidos são investigados em inquérito policial da 8ª DDP pela prática dos crimes de estelionato, associação criminosa, falsificação de duplicatas, entre outros. A Polícia Civil calcula que o prejuízo gerado pelo casal às vítimas foi de aproximadamente R$ 1.250.000,00 (um milhão, duzentos e cinquenta mil reais), valor que inclusive foi solicitado e deferido o bloqueio judicial das contas bancárias dos investigados.

Entre as vítimas estão dois dos principais shoppings centers de Goiânia e outras oito factorings. O golpe perpetrado pelos investigados consistia em descontar a mesma duplicata recebida pela prestação de serviços em diversas factorings e, em outras vezes, conforme evidências constantes do inquérito, os investigados sequer prestavam o serviço, falsificando a duplicata e levando grandes prejuízos a diversas empresas.