Polícia Civil prende executor e mandante de homicídio em Ipameri

861

Os policiais civis da Delegacia Polícia (DP) de Ipameri cumpriram dois mandados de prisão temporária e dois de busca domiciliar, como desfecho das investigações referentes ao homicídio qualificado da vítima Neide E. Rodrigues, ocorrido em fevereiro do ano passado, na Vila Carvalho, em Ipameri.

Conforme consta do inquérito policial, a vítima foi assassinada por dois indivíduos armados mediante disparos de arma de fogo, enquanto ela confraternizava com amigos. Ainda em 2018, um adolescente, apontado como um dos executores, foi identificado e apreendido. Ele tentou assumir toda a responsabilidade do crime. Apesar disso, as investigações prosseguiram, em busca da verdade real e demais circunstâncias do delito.

Desse modo, foi identificado o possível mandante do crime, o investigado W. A. B., comerciante que nutria rixa pessoal e econômica com a vítima. Foi ele quem encomendou o crime por intermédio de outro investigado, C. B. P., trabalhador autônomo ligado a criminosos conhecidos na cidade, o qual, por sua vez, transferiu a execução do crime ao adolescente e a uma mulher, já identificada pela polícia, e que possui condenações e indiciamentos por homicídios e tráfico de drogas em Ipameri.

O inquérito policial ainda está em andamento, a fim de esclarecer em definitivo a participação de cada um dos envolvidos (autorias intelectual, material e participação).