Polícia Civil prende homem que abusou sexualmente de menor e filmou ato

1195

Na última sexta-feira (27/07), policiais civis lotados na DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente) de Luziânia cumpriram mandado de prisão preventiva expedido contra E. L. M. S., investigado pela prática dos crimes previstos no art. 217-A do Código Penal (estupro de vulnerável) e no art. 240, §2º, inciso II, do Estatuto da Criança e Adolescente (produzir, reproduzir, dirigir, fotografar, filmar ou registrar, por qualquer meio, cena de sexo explícito ou pornográfica, envolvendo criança ou adolescente), ocorridos no final de 2015, no município de Novo Gama, contra uma criança de apenas 9 anos, então enteada do agressor.

O investigado foi localizado pelos policiais da PCGO na região do Gama (DF). O delegado Maurício Passerini informou que os crimes foram praticados reiteradas vezes e mediante ameaças exercidas com emprego de faca. “Além de estuprar a enteada, o criminoso ainda filmou os abusos sexuais, armazenando os vídeos em um notebook, o qual foi devidamente apreendido e periciado”, destacou.

Formalizado o aludido mandado judicial com o apoio da PCDF, o preso foi recolhido ao presídio do Distrito Federal, onde aguardará à disposição do Poder Judiciário goiano. Participaram das investigações e das diligências os policiais civis Gonzaga, Emília, Cecília, Adriele, Vanessa e Helena.