Polícia Civil prende homem suspeito de anunciar falsas vagas de emprego e ainda tentar estuprar mulheres candidatas às vagas

97

A Polícia Civil, por meio da 1ª Delegacia Distrital de Polícia (DDP) de Anápolis, prendeu, no dia 07 de outubro deste ano, um indivíduo por flagrante pela prática dos crimes de falsidade ideológica, falsa identidade e estelionato contra oito mulheres. O autuado se passava por empresário que estaria “recebendo candidatas para trabalhar em uma transportadora”, tratando-se de um anúncio falso. No mesmo contexto, o indivíduo ainda praticou tentativa de estupro contra uma das “candidatas”.

Na última quinta-feira (15), o Poder Judiciário concedeu liberdade provisória ao preso (em razão da prisão em flagrante), sendo que a delegada Marisleide Santos, titular da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Anápolis, já havia representado pela prisão preventiva (em razão da tentativa de estupro). Assim, ainda no dia 15, foi cumprido o mandado de prisão preventiva e o preso não foi solto, permanecendo custodiado à disposição de Poder Judiciário.

As duas investigações, da 1ª DDP e da Deam, serão concluídas e encaminhadas ao Poder Judiciário no prazo legal.