Polícia Civil prende homem suspeito de extorquir e ameaçar vice-prefeito de Jesúpolis

97

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Jaraguá, prendeu, no dia 13 de maio, um homem suspeito de extorquir e ameaçar o vice-prefeito de Jesúpolis. O flagrante aconteceu depois que a própria vítima entrou em contato com a polícia.

De acordo com a Polícia Civil, o vice-Prefeito de Jesúpolis, apavorado, entrou em contato com a autoridade policial de Jaraguá e afirmou que tinha acabado de receber um áudio de whatsapp em seu celular, com mensagem ameaçadora e, ainda, exigindo dinheiro.

Na ocasião, o vice-Prefeito informou não ter condições de sair da Prefeitura, pois estava com receio de que um mal maior pudesse acontecer, haja vista que o autor do crime passou a dar voltas na praça onde a prefeitura está instalada.

Imediatamente, os policiais civis se deslocaram até a cidade de Jesúpolis e, após algumas horas de diligências, conseguiram prender o autor em flagrante. Após busca pessoal, uma arma de fogo, tipo revólver, calibre 32, foi encontrada em poder do autor. A arma estava municiada com 6 munições intactas. Na residência do autor, também foi encontrada uma espingarda de calibre 12.

O vice-prefeito repassou inúmeros áudios ameaçadores do autor, inclusive ameaçando matar as pessoas que a vítima mais amava. Além disso, queria R$ 30 mil em dinheiro.

Alegou o autor, nos áudios, dois motivos para extorquir: o primeiro, uma ajuda que ele tinha dado para a vítima em 2008; o segundo, o fato de a nova gestão ter exonerado a esposa do autor da direção do colégio municipal.

O autor foi autuado em flagrante pelos crimes de injúria racial, extorsão, posse ilegal de arma de fogo e porte ilegal de arma de fogo, ambos de uso permitido. Ele já tem passagem policial pelo crime de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido.

O autor está preso e a disposição do Poder Judiciário.