Polícia Civil prende mulher suspeita de atear fogo em sua companheira por ciúmes, em Planaltina

110

No dia 24 de agosto deste ano, a Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Planaltina recebeu a notícia de crime de tentativa de homicídio segundo a qual a autora dos fatos ateou fogo em sua companheira por motivos de ciúmes. A vítima se encontrava em estado grave no HRAN de Brasília após vários procedimentos cirúrgicos, devido à gravidade das queimaduras. A autora dos fatos levou a vítima ao hospital relatando ser um acidente. Ela ainda forneceu nome falso e disse que a vítima não tinha familiares, a fim de evitar que a vítima recebesse visitas e consequentemente que os funcionários descobrissem sobre a autoria do crime, demostrando periculosidade da investigada.

A vítima, conseguindo entrar em contato com uma irmã, relatou o ocorrido e lhe pediu socorro, pois estava no hospital junto com a autora sem meios de defesa. Diante da gravidade do delito a autoridade policial fez a representação pela prisão preventiva da autora, medida que foi deferida pelo juiz da 1º Vara Criminal de Planaltina. O mandado foi cumprido na última sexta-feira (18).