Polícia Civil prende quarto suspeito de assalto em joalheria de Aparecida de Goiânia

1318

A Polícia Civil cumpriu, na manhã desta sexta-feira (22), mandado de prisão preventiva em desfavor de Paulo Sérgio Neres China, de 23 anos, suspeito de ser um dos integrantes do grupo que assaltou uma joalheria no Burti Shopping, no último domingo (17). Um suspeito de dar fuga ao grupo ainda não foi identificado. Três dos assaltantes morreram em confronto com a Polícia Militar no dia seguinte ao roubo.

De acordo com o delegado Carlos Levergger, responsável pelo caso, Paulo Sérgio seria o mentor do crime, além de participar de forma efetiva da ação. Ele também estava escondido com os comparsas em uma espécie de acampamento montado pela quadrilha na Serra das Areias, mas teria conseguido fugir com armas e as jóias roubadas durante o tiroteio com a PM, que resultou na morte dos demais autores.

O preso responde por inúmeros crimes, entre eles tráfico de drogas, roubos, receptação, e até latrocínio.