Polícia Civil prende um dos maiores fornecedores de drogas do sul do estado

653

Os policiais civis lotados na Delegacia de Polícia (DP) de Goiatuba prenderam em flagrante delito, na data de ontem (6), Edvaldo Alfredo Ribeiro da Silva, de 58 anos, por tráfico ilícito de entorpecentes.

Edvaldo (que também atende pelas alcunhas de “Didi” e “Nivá”) reside na cidade de Morrinhos e, de acordo com as investigações, trata-se de um dos principais fornecedores de maconha e haxixe para a cidade de Goiatuba e municípios vizinhos.

As investigações duraram cerca de três meses e apontaram que, embora tenha família estruturada (esposa e filhos) e seja possuidor de veículos e uma fazenda produtiva, Edvaldo se dedica ao tráfico de drogas há mais de uma década, distribuindo entorpecentes para as cidades de Goiatuba, Itumbiara, Bom Jesus e Morrinhos.

A maconha comercializada por Edvaldo é de qualidade superior, segundo afirmaram seus clientes/usuários em depoimento na delegacia. O investigado chega a cobrar R$ 350,00 por cada 100 g da droga. Um quilo da maconha por ele vendida custa, portanto, R$ 3.500,00, ao passo que a mesma quantidade de maconha de qualidade mediana é comercializada por R$ 1.400,00. Dado o alto preço cobrado por Edvaldo, seus clientes costumam ser pessoas de classe abastada.

No interior do veículo de Edvaldo foi encontrado cerca de um quilo de maconha, fracionado em porções médias embaladas e prontas para venda. Também havia porções de haxixe e uma lista com os nomes dos usuários que encomendaram os entorpecentes.

O preso foi recolhido na unidade prisional de Goiatuba, onde se encontra à disposição da Justiça.