Polícia prende homem que tinha sido solto por engano em Planaltina

544

A equipe de policiais civis do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Águas Lindas de Goiás prendeu preventivamente, nessa quarta-feira (10), Fábio Braz de Queiroz pela prática do crime de estelionato.

Fábio havia sido solto por engano da cadeia pública de Planaltina de Goiás por meio de um alvará de soltura relacionado a outro processo, sendo considerado, desde então, foragido da Justiça em relação ao delito de estelionato praticado.

Segundo as investigações, Fábio seria um dos chefes de uma organização criminosa suspeita de realizar o desvio de mais de R$ 500 mil voltados para a execução de espetáculos musicais entre os anos de 2013 e 2014, em Planaltina de Goiás.

Ele foi localizado ontem e preso. Adotadas as providências quanto ao cumprimento do mandado, Fábio foi encaminhado ao presídio local, onde aguarda seu recambiamento para Planaltina de Goiás.