Policiais civis e agentes prisionais de Uruana prendem mulher que tentava introduzir maconha no presídio da cidade

844

Um ação conjunta entre policiais civis de Uruana e agentes prisionais do município na quinta-feira (23) resultaram na prisão em flagrante de Cleidimar Rosa da Silva, por alcunha “Mocinha”, pelo crime de tráfico de drogas.

Após denúncias anônimas feitas aos policiais civis sobre mulheres estarem tentando entrar com drogas no presídio, a polícia civil entrou em contato com a diretoria da Unidade Prisional de Uruana e a informou sobre tais relatos.

Em revista de rotina, os agentes prisionais detectaram nervosismo em Cleidimar. Indagada sobre o motivo do comportamento, ela afirmou não mais ficar para a visita. Ao tentar se retirar rapidamente da unidade prisional, Cleidimar foi detida pelos agentes prisionais e conduzida ao posto de saúde do município.

Já no local, Cleidimar recusou se submeter a qualquer tipo de exame. O fato aumentou ainda mais as suspeitas sobre seu comportamento. Foi decidido que ela seria conduzida a Ceres para a realização de exames mais aprofundados.

Durante o percurso, Cleidimar tentou retirar a porção de drogas que estavam em seu órgão genital, porém essa movimentação foi percebida pelos agentes, que encontraram a droga já em suas mãos. O entorpecente estava acondicionada dentro de um preservativo.

Cleidimar foi conduzida à Delegacia de Polícia com vistas à lavratura do Auto de Prisão em Flagrante (APF) por tráfico de drogas. A autuada encontra-se à disposição do Poder Judiciário. Participaram da prisão o policial civil Lourenço e a agente prisional Bruna Corrêa.