Presa em Iporá mulher suspeita de matar o próprio irmão

150

Foi cumprido, na noite desse domingo (14), em Iporá, o mandado de prisão temporária contra um dos possíveis autores de um crime de homicídio, em que a autora seria a própria irmã da vítima. Segundo as investigações, no sábado (13), policiais militares foram acionados para darem apoio ao Corpo de Bombeiros em uma ocorrência de possível crime de homicídio de uma pessoa do sexo masculino. Ao adentrarem na casa, encontraram a vítima de 33 anos ao chão com sangue e ausência de sinais vitais sugestivos de morte violenta com emprego de arma branca (faca). Entretanto, a morte da vítima teria ocorrido no final da sexta-feira (12), pois ela já se encontrava com rigidez cadavérica.

Depois de diligências, foi possível identificar os autores, que seriam a própria irmã da vítima, uma mulher de 35 anos, e o cunhado, de 46 anos, pois entre eles já tinha havido várias desavenças e os dois não foram encontrados após o crime. A autoridade policial da Delegacia de Polícia (DP) de Iporá representou pela prisão temporária da suposta autora, a qual foi deferida no plantão judiciário. A autora e irmã da vítima foi presa e recolhida no presídio ficando à disposição do Poder Judiciário. Ela é investigada pelo crime de homicídio. Já seu companheiro ainda se encontra foragido e segue sendo procurado. A investigação foi realizada pela DP de Iporá, com apoio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Iporá e da Polícia Militar.