Presa mulher investigada por atear fogo na casa para matar seu companheiro, em Rio Verde

89

A Polícia Civil de Goiás, por meio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Rio Verde, efetuou na terça-feira (21) a prisão cautelar de uma mulher de 36 anos que estava foragida. Ela foi presa em Barra do Garças, estado de Mato Grosso. A mulher foi investigada pelo GIH por tentativa de homicídio ocorrida em Rio Verde, em janeiro deste ano.

Com o apoio das equipes da Polícia Civil do Mato Grosso, juntamente com os policias do GIH de Rio Verde, a investigada foi localizada e presa preventivamente após quase 6 meses de buscas. O inquérito policial concluiu que ela incendiou a casa em que vivia com seu companheiro na tentativa de matá-lo. Há indícios de que a investigada dopou a vítima antes de atear fogo na residência, por motivos passionais. A vítima só conseguiu fugir depois de tirar os pinos da porta, que estava trancada, e acabou sofrendo queimaduras. Um mês depois a casa foi incendiada novamente, porém, a vítima não estava no local. A Polícia Civil acredita que a investigada também seja responsável por este incêndio.