Preso em Goianira suspeito de ter sequestrado ex-companheira, que pulou de carro para escapar

513

A Delegacia de Polícia (DP) de Goianira cumpriu mandado de prisão preventiva em desfavor de Alencar Ciríaco Dias, 34 anos, pela prática de violência doméstica contra a ex-companheira na terça-feira (18).

O indiciado já havia sido preso em flagrante por Policiais Civis em junho por crimes de mesma natureza. No entanto, a vítima se retratou quanto à representação, manteve apenas o pedido de medidas protetivas e Alencar livrou-se solto.

No dia 10 de setembro o suspeito reincidiu na prática de atos de violência doméstica contra a vítima, a qual o acusou de descumprir medidas protetivas, sequestrá-la e ameaçá-la de morte com uma arma de fogo. Durante o crime, a vítima pulou do carro em movimento e sofreu lesões graves, inclusive fratura na mão e queimaduras.

A Polícia Civil comunicou os novos fatos ao Poder Judiciário, que expediu mandado de prisão contra Alencar, que se apresentou à autoridade policial. Ele negou ter descumprido as medidas protetivas, alegou haver reatado o relacionamento após ser colocado em liberdade e estar morando com a vítima. O suspeito declarou ainda não estar armado na ocasião do fato, porém confessou a ameaça de morte, motivada, segundo ele, por ciúmes. Em sua versão, a vítima teria pulado do veículo, que não estaria em alta velocidade. O indiciado foi recolhido ao presídio local.

A prisão refere-se à investigação anterior, que já havia sido concluída e remetida ao Poder Judiciário. O inquérito policial relativo aos novos crimes está em andamento e deve ser concluído em breve.