Preso em Luziânia homem que tentou matar após briga motivada por cigarro

571

Na tarde desta terça-feira (31/07), policiais civis lotados no GIH (Grupo de Investigações de Homicídios) de Luziânia cumpriram mandado de prisão preventiva expedido contra Edilson da Silva Nunes, de 42 anos. Ele era investigado pela prática de uma tentativa de homicídio praticada contra Joari Rosa de Sousa, no dia 31 de outubro de 2005, em Taguatinga (DF).

Conforme consta no registro da ocorrência, no dia dos fatos, Edilson pediu um cigarro para a vítima, que prontamente atendeu e ofereceu o cigarro que estava fumando, e não um dos que estavam no maço. Indignado, Edilson começou a ofender a vítima com palavras de baixo calão, ocasião em que acabaram entrando em vias de fato. Terminada a briga, Edilson foi para sua casa, se apoderou de uma faca, voltou para o local e desferiu golpes contra o tórax de Joari, que não morreu por circunstâncias alheias à vontade do agressor.

O criminoso foi localizado e preso em Luziânia, onde aguardará à disposição do Poder Judiciário do Distrito Federal, que providenciará seu recambiamento para aquela unidade federativa, onde será processado e julgado. Participaram das investigações e das diligências os policiais Ygór, Helena, Correia e Gonzaga, sob a coordenação do delegado Maurício Passerini.