Preso fazendeiro condenado por morte de vereador em Hidrolândia

651

Policiais civis de Hidrolândia cumpriram, na manhã desta segunda-feira (25), mandado de prisão expedido em desfavor do fazendeiro Livertino Batista da Silva, pelo crime de homicídio ocorrido em 10 de fevereiro de 2006, que teve como vítima o presidente da Câmara Municipal, vereador Francisco Alves de Souza, conhecido por Chico Branco. Livertino foi condenado a 14 anos de prisão pelo homicídio.

De acordo com as investigações, Chico Branco tinha um caso com a filha do autor, que, mesmo sendo amigo de infância da vítima, não aceitava o envolvimento da filha com o vereador. Inconformado com o namoro da filha, Livertino teria armado uma emboscada para a vítima, que passava diariamente pelo local do fato com destino ao seu estabelecimento comercial. Lá, ele desferiu vários disparos contra a vítima, que morreu no local.