Preso grupo que atuava na fabricação irregular de remédios para emagrecimento

2222

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quarta-feira (14/11) a Operação Dieta de Risco, que desarticulou um grupo criminoso especializado na fabricação irregular e na comercialização de remédios para emagrecimento. As ações, que resultaram no cumprimento de sete mandados de prisão preventiva nas cidades de Jandaia e Acreúna, foram coordenadas pela Delegacia de Polícia de Jandaia, com apoio de investigadores de Edéia, Indiara, Quirinópolis, Santa Helena, Rio Verde e Acreúna.

Além das prisões, os policiais civis localizaram e desativaram um laboratório clandestino na cidade de Rio Verde, onde foram apreendidas milhares de cápsulas e insumos, além de aparelhos para encapsulamento. “A quadrilha comercializava medicamentos irregulares em todo o Brasil por meio de sites de comércio eletrônico e perfis em redes sociais”, comentou a delegada Taísa Antonelo, chefe da 8ª DRP.

Taísa afirmou que houve também a apreensão de mais de R$ 30 mil em espécie. “Há indícios de uso até mesmo de anfetaminas na composição dos medicamentos, que colocavam em risco a saúde dos usuários dos produtos fabricados pela quadrilha”, ressaltou. Os presos serão indiciados pelos crimes previstos nos artigos 273 (falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais) e 288 (associação criminosa) do Código Penal Brasileiro, cujas penas, somadas, variam entre 13 e 18 anos de prisão.