Preso pai investigado por estuprar filhas em Luziânia

59

Nesta terça-feira (24/1), as equipes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) e da Delegacia de Apuração de Atos Infracionais (Depai) de Luziânia deram cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido em desfavor de um homem de 45 anos investigado pela prática, em tese, de crimes contra a dignidade sexual de duas de suas filhas, as quais possuem, atualmente, 17 e 18 anos. Pelo que se apurou, em um rápido e eficiente trabalho investigativo realizado pelos agentes e escrivães lotados nas referidas unidades policiais, os fatos ocorriam desde quando a vítima que conta hoje com 17 anos possuía 12 anos de idade.

Cumpridas as formalidades necessárias, o investigado foi encaminhado ao presídio local e colocado à disposição do Poder Judiciário. Diligências finais serão realizadas visando a conclusão do inquérito policial. Por solicitação das vítimas, demais informações acerca dos fatos serão mantidas em completo sigilo. O agressor responde no inquérito a estupro de vulnerável e estupro qualificado em razão da vítima ser menor de dezoito ou maior de quatorze anos, praticados em ambiente doméstico e familiar.