Preso preventivamente agente penitenciário suspeito de homicídio em Aragarças

348

A equipe da Delegacia de Polícia (DP) de Aragarças prendeu preventivamente, na tarde dessa segunda-feira (3), G. F. S, 38 anos, agente penitenciário suspeito de homicídio qualificado e porte ilegal de arma de fogo. O homicídio foi praticado contra a vítima Alessandro Ferreira de Souza, conhecido como “Baleia”, também de 38 anos.

No dia 4 de maio deste ano, por volta das 15h, houve um desentendimento entre autor e vítima. Alessandro teria ameaçado o suspeito de morte após este ter, em tese, presenteado sua então namorada.

No dia dos fato, a vítima chegou ao bar onde estava o suspeito e o ameaçou saindo de forma exaltada. Instantes depois, a vítima voltou ao local da ameaça e iniciou uma discussão com o suspeito, agente penitenciário o qual sacou de uma arma de fogo que portava e efetuou um disparo contra Alessandro, levando-o a óbito.

O delegado Ricardo Galvão, responsável pela investigação, declarou que o suspeito apresentou-se dois dias após os fatos e confessou a prática do crime mencionado. Disse que não sabia o motivo das desavenças e que um suposto presente oferecido à namorada da vítima ensejou à discussão que resultou no homicídio.

Assim, a Polícia Civil representou ao Judiciário pela prisão preventiva do agente. Após efetuada a prisão, ele foi encaminhado à unidade prisional de Barra do Garças (MT), onde exerce sua função.