Suspeito de dois homicídios é preso em Goianésia após força-tarefa

775

A Polícia Civil de Goiás, por meio de trabalho conjunto realizado entre a 18ª Delegacia Regional de Polícia de Uruaçu e da 15ª Delegacia Regional de Polícia de Goianésia, conseguiu prender Leonardo José da Costa, na última segunda-feira (27). Ele foi preso por mandado de prisão temporária e é apontado como autor do homicídio praticado contra a vítima Adriano de Sousa Galvão no dia 18 de maio deste ano, em Uruaçu.

Leonardo vinha sendo procurado desde o cometimento do crime e, após compartilhamento de informações entre os policiais civis de Uruaçu e Goianésia, foi possível localizá-lo numa kitnet em Goianésia, a qual era utilizada como esconderijo.

O investigado confessou o crime. Foi apreendido em poder de Leonardo um revólver da marca Taurus, calibre 38, utilizado na prática do homicídio. Além do revólver, os policiais civis também encontraram uma espingarda calibre 28, que estava escondida na antiga residência dele.

Leonardo José da Costa já é investigado pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Uruaçu por um outro homicídio cometido contra Nataniel Avelino da Cruz, travesti conhecido pela alcunha de “Naty”. A vítima foi assassinada no dia 21 de fevereiro deste ano. Este homicídio foi praticado com uma arma de fogo calibre 28, ou seja, a mesma espingarda apreendida no imóvel de Leonardo.

Além de dois mandados de prisão temporária, foi lavrado ainda contra Leonardo José da Costa auto de prisão em flagrante pelo crime de posse irregular de arma de fogo.