Suspeito de envolvimento com tráfico de drogas em Itumbiara é preso na fronteira do Brasil com o Paraguai

192

As Polícias Civis de Goiás e do Paraná – por meio da 13ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Guaira/PR e 2ª Delegacia Distrital de Polícia de Itumbiara/GO -, em ação conjunta inédita, identificou um investigado foragido e cumpriu mandado de prisão preventiva que pendia em aberto em desfavor de suspeito de tráfico de drogas e de envolvimento no atentado que vitimou, entre outras vítimas, o ex-prefeito de Itumbiara José Gomes da Rocha em 2016.

Na época dos fatos, diligências realizadas em endereços na cidade de Itumbiara e região levaram ao encontro de grande quantidade de drogas que eram guardadas pelo investigado que, por conta de suas conexões criminosas, sempre foi suspeito de participação no atentado, uma vez que a origem do armamento utilizado no crime resta até hoje indeterminada. Policiais civis paranaenses realizaram a captura do investigado na fronteira Brasil/Paraguai, onde o ele era alvo de investigação pela 13ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Guaíra e mantinha residência, apresentando-se com outra identidade, ocasião em que no local foram encontrados cerca de 80 kg de substância entorpecente e arma de fogo.

Após intenso intercâmbio de informações entre as duas Polícias ao longo desta semana visando esclarecer a real identidade do suspeito, equipe da 2ª Delegacia Distrital de Polícia Civil de Itumbiara confirmou se tratar do investigado local foragido, e, assim, a ordem de prisão finalmente foi cumprida. Por enquanto, o investigado permanece preso no Estado do Paraná onde responde pelos crimes cometidos naquela Unidade da Federação, devendo, tão logo possível, ser recambiado para a Comarca de Itumbiara.