Suspeito de furtar fios de operadora em Luziânia é preso em flagrante

131

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo Especial de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio (Gepatri) de Luziânia, prendeu em flagrante, no dia 10 de novembro, um indivíduo que vinha praticando diversos furtos de fiação de uma torre de sinal de celular no Parque Luzília.

De acordo com as investigações, para não levantar suspeitas, o investigado utilizava um uniforme de prestador de serviço na maioria dos furtos. Desde o mês de setembro, a torre já havia sido furtada diversas vezes. Nesses casos, o serviço ficava inoperante por cerca de cinco horas até a reposição dos fios e demais consertos, causando grande transtorno aos usuários da operadora.

A empresa de telefonia calcula um prejuízo de mais de R$ 73 mil, para além do transtorno aos consumidores, que ficavam impossibilitados de fazer chamadas, inclusive de emergência.

O autuado possui extensa ficha criminal, sendo reincidente em crimes patrimoniais, aliás, já tinha sido preso e condenado pelo mesmo crime no ano de 2017, porém estava em liberdade desde o ano de 2019. Agora, encontra-se preso em Luziânia-GO à disposição da Justiça, sendo que houve representação por sua prisão preventiva pela Polícia Civil.