Suspeito de homicídio ocorrido em Caldas Novas é preso; crime teria sido motivado por dívidas

58

A equipe de policiais civis da Delegacia de Polícia (DP) de Caldas Novas deu cumprimento, na manhã desta quarta-feira (12), a um mandado de prisão temporária em desfavor de Donizete M. R. Júnior, 20 anos. Ele é apontado como autor do homicídio qualificado que vitimou Diogo Tavares Barros, vulgo “Gambé”, 35 anos, ocorrido no dia 28 de abril deste ano, na Rua Joaquim Firmino dos Reis, Setor Santa Efigênia, em Caldas.

No dia dos fatos, a vítima se encontrava na porta de um bar e foi surpreendida pelo investigado que, de posse de uma arma de fogo, alvejou Diogo por diversas vezes na cabeça tórax e abdome. Diogo morreu no local.

Conforme apurado, o crime pode ter ocorrido por conta de uma dívida que a vítima tinha a pagar para Donizete. A vítima possuía passagens por tráfico de drogas e seus familiares confirmaram que ele tinha dívidas relacionadas ao tráfico. Uma testemunha apontou o investigado como autor do crime, tendo inclusive realizado reconhecimento fotográfico e presencial.

Donizete, que já possuiu antecedentes criminais por roubo, se encontra recolhido no presídio local, à disposição da Justiça.