Suspeito pelo crime de latrocínio é preso pelo GIH de Anápolis

571

Nesta sexta-feira (15), o Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis cumpriu mandado de prisão em desfavor de P.C.S., acusado de um latrocínio que teve como vítima Divino Carlos Muniz, de 63 anos, no dia  10 de fevereiro de 2016. O acusado foi preso em uma clínica da cidade, onde se recuperava da dependência de drogas. Ele confessou a participação no crime e se mostrou arrependido.

 O crime, de acordo com a delegada Emilli Bailoni, responsável pelo caso, teve a participação do menor J.N.V, que já está cumprindo internação.