Três homens são presos por homicídio em Mozarlândia

245

A Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Mozarlândia, cumpriu, na quinta-feira (26), mandados de prisão preventiva após investigação sobre homicídio ocorrido no domingo anterior (22).

Nomeada Efeito Dominó, a operação investigou o caso desde o momento em que ocorreu o crime, com policiais civis deslocados até o local para colher informações e analisar a cena do crime.

Foi averiguado, a partir do depoimento de testemunhas, que dois homens discutiram em um clube da região momentos antes dos disparos que ocasionaram na morte ocorrerem. Um destes indivíduos, então, entrou em um carro com outros dois homens e seguiu o grupo em que estava o outro envolvido na briga.

Aí, então, os disparos aconteceram, vitimando David Mendes Santos, um dos integrantes deste grupo de pessoas.

Diante do reconhecimento dos investigados, inclusive por fotografia, a Polícia Civil requereu o mandado de prisão preventiva contra os três envolvidos. Um deles fugiu, mas foi capturado em Aparecida de Goiânia.

Uma vez detidos, eles confessaram o crime. Eles explicaram que sua intenção era atingir o homem com quem um dos atiradores brigou no clube, mas que, no momento, decidiram atirar também contra David.

Todos os três foram conduzidos ao presídio de Mozarlândia, onde ficarão à disposição da justiça.