Três são presos em flagrante por matar mulher em Águas Lindas; corpo foi localizado na BR 070

647

O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Águas Lindas prendeu em flagrante, na última sexta-feira (22), com o apoio do Grupo de Narcóticos (Genarc), três pessoas em flagrante por homicídio qualificado. Valdomiro da Luz Barros Costa, Cássio Rodrigues Sá e Sara Alves da Luz são apontados pelo assassinato de Heloá Jade da Silva Santos. Heloá foi morta na madrugada de quinta-feira e seu corpo foi encontrado na via paralela à BR-070, em Águas Lindas de Goiás.

A vítima foi atingida por um tiro na região frontal da cabeça e morreu no local. Após a localização do corpo, a equipe do GIH passou a efetuar diligências para elucidar o crime e identificar os autores. Os envolvidos foram presos em flagrante.

A motivação está ligada a um desentendimento. A vítima, que era garota de programa, e os investigados Valdomiro e Sara moravam na mesma casa, onde também residiam outras pessoas, entre elas uma outra garota de programa, com quem a vítima teve uma briga após ter bebido e a agredido, sendo que ela está grávida.

Todos os moradores da casa reprovaram essa atitude de Heloá, que já tinha problemas pessoais com a outra garota, e se juntaram para planejar sua morte.

No local, na hora da agressão, também estava presente um homem com quem a garota de programa tinha relacionamento. Ele também não aceitou a atitude da vítima, e foi quem resolveu atirar contra Heloá. Os demais auxiliaram no planejamento e presenciaram a execução.

Os três indivíduos tentaram fugir, mas foram detidos pelos policiais. Todos responderão por homicídio qualificado.