Suspeito de atear fogo e matar companheira em Nerópolis é preso

410

Os policiais civis da Delegacia de Polícia (DP) de Nerópolis deram cumprimento, na tarde dessa quarta-feira (08), ao mandado de prisão cautelar expedido em desfavor de um homem investigado pelo feminicídio de sua companheira. O fato ocorreu no dia 28 de novembro do ano passado.

O crime chocou a população de Nerópolis e gerou clamor social devido à crueldade com que foi praticado. O investigado jogou gasolina no corpo da vítima e ateou fogo. A vítima teve 80% do corpo queimados, e morreu quase um mês após o ocorrido.

Após o crime, o autor fugiu. Durante a fuga, seu último esconderijo foi em Palmeira de Goiás. Depois de 41 dias de buscas, a Polícia Civil conseguiu capturá-lo. O inquérito policial será concluído e remetido ao Poder Judiciário no prazo de 10 dias.