Suspeito de estupro é preso em Senador Canedo; homem já era investigado por roubo e estupro

243

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Senador Canedo, autuou em flagrante delito, na última sexta-feira (10), Devyt Cardoso Santos, 32 anos, pela prática do crime de estupro contra uma jovem que o conheceu pelas redes sociais. Ambos teriam marcado um encontro para se conhecerem pessoalmente, ocasião em que o autor a teria levado para um local ermo, na zona rural, e, mediante emprego de violência física, a teria constrangido a manter relação sexual, contra sua vontade, segundo declarações da vítima.

O autor já era investigado pela Deam pela prática dos crimes de roubo e estupro ocorridos em 01/02/2020, data em que ele teria roubado uma vítima, no setor Vila Pedroso, em Goiânia, e em seguida a levado até Senador Canedo, local em que a teria estuprado, na casa onde ele morava de aluguel.

Na sexta-feira, Devyt Cardoso foi conduzido por policiais militares até a Deam de Senador Canedo, em situação de flagrância, pela prática do crime, sendo autuado e tendo sido cumprido mandado de prisão temporária que havia contra ele decorrente da investigação conduzida pela Deam em consequência do crime praticado no início do ano. As investigações prosseguirão para identificar eventuais outras vítimas que poderão procurar a Deam de Senador Canedo através do número de telefone (62) 3201-2426. Denúncias também podem ser feitas pelo Disque 197. A imagens do autuado é divulgada para fins de que outras possíveis vítimas o reconheçam, de modo que não viola a lei de abuso de autoridade.