Operação cumpre mandados e prende homem envolvido em roubo ocorrido em Goianésia

127

A Polícia Civil de Goiás, por meio do Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Goianésia, deflagrou, nesta terça-feira (21), uma operação para cumprimento de 04 mandados de busca e apreensão, sendo 03 em Jaraguá e um no Município de Uruana, além de um mandado de prisão preventiva que fora cumprido pela PC-MG no município de Divinópolis, em Minas Gerais. 

Os mandados foram obtidos em decorrência da investigação que apura o crime de roubo no município de Goianésia. O fato ocorreu no último dia 31 de maio em um supermercado localizado no bairro Santa Luzia. 

No instante em que o funcionário da empresa saía do estabelecimento para depositar no banco a quantia de R$ 153.419,40 e um cheque de R$ 2.672,57, foi surpreendido por dois homens armados, que, após exercerem grave ameaça com o emprego da referida arma, subtraíram os referidos valores e saíram em fuga em um veículo. 

Após investigação, a PC identificou dois dos autores do crime, que foram presos no dia 17 de junho, quando promoviam uma festa em uma chácara da região. No local, foram encontrados a arma e o veículo utilizados no crime, além de outros veículos e bens que possivelmente foram adquiridos com o dinheiro subtraído do supermercado. 

As investigações ainda revelaram que o mandante do crime encontra-se preso no município de Divinópolis, em Minas. 

As buscas domiciliares foram cumpridas em residências de pessoas que colaboraram direta ou indiretamente com a ação delituosa – inclusive, atuando na ocultação do dinheiro subtraído. 

Os crimes investigados são de roubo majorado com emprego de arma e concurso de pessoas e associação criminosa. Se condenados, somando-se as penas, os investigados podem pegar até 16 anos de reclusão.