Polícia prende homem e apreende menor suspeitos de matar jornalista a pauladas

363

Um homem 35 anos foi preso e um adolescente, de 17, apreendido, suspeitos de participação na morte do jornalista Eduardo Ramos Jordão, de 77 anos, no fim do ano passado, em Abadia de Goiás, Região Metropolitana de Goiânia. Segundo a Polícia Civil, a vítima foi assassinada a pauladas na chácara onde morava. A principal linha de investigação é de latrocínio – que é o roubo com resultado morte.

Os nomes dos suspeitos não foram divulgados, mas conforme a investigação, eram conhecidos da vítima. De acordo com o delegado Arthur Fleury, responsável pelo caso, o menor, apreendido em Abadia de Goiás, confessou ter executado a vítima para roubá-la e deu detalhes de como praticou a violência.

Já o homem, preso em Aparecida de Goiânia, também na Região Metropolitana, conforme Fleury, negou as acusações. Porém, a polícia encontrou com ele alguns objetos pessoais da vítima. A real participação dele no homicídio ainda é investigada. De acordo com o delegado ambos os detidos eram conhecidos da vítima e frequentavam a casa do jornalista.