Polícia Civil interdita clínica psiquiátrica em Aparecida de Goiânia

504

A Polícia Civil e a Vigilância Sanitária interditaram na manhã de terça-feira (29) uma clínica psiquiátrica, que fica no Setor Aeroporto Sul, em Aparecida de Goiânia, por uma série de irregularidades no funcionamento. De acordo com a delegada Cybelle Tristão, responsável pela investigação, no estabelecimento foram constatadas receitas preenchidas em branco, pessoas internadas sem vontade própria, documentos vencidos e pacientes com sinais de agressão.

Cerca de 60 pacientes foram retirados da unidade e encaminhados para outras clínicas. Segundo a delegada, a polícia, a Vigilância e os conselhos regionais de Farmácia e Medicina chegaram até a clínica depois de uma denúncia feita ao Ministério Público. “Foram encontradas irregularidades na farmácia do local, com alguns medicamentos vencidos, receitas assinadas por um médico psiquiatra em branco, e alguns relatos de pacientes alegando maus tratos. Esse tipo de tratamento constitui o crime de cárcere privado, lesão corporal”, explicou Cybelle.

Foram conduzidos para o 4º Distrito Policial de Aparecida de Goiânia o dono da clínica, além de funcionários, para prestar esclarecimentos. A documentação falsificada foi apreendida e a polícia segue investigando o caso.