Dona de clínica de reabilitação clandestina é presa por cárcere privado, em Anápolis

285

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do 6° Distrito Policial de Anápolis e suporte da Polícia Militar, agentes da Secretaria Municipal de Saúde, Assistência Social e Vigilância Sanitária, realizaram fiscalização em clínica de reabilitação clandestina “Cuidar – Centro de Reabilitação Margarida”, no setor Chácaras Americanas, em Anápolis.

Durante a fiscalização, na quinta-feira (2), a equipe constatou que o local não tinha permissão para funcionamento, além de apresentar condições sanitárias irregulares. No mesmo local havia menores de idade, mulheres com problemas mentais e dependentes químicas.

Os policiais também verificaram que diversas internas estavam ali na condição de cárcere privado – ou seja, sem vontade própria, internadas, algumas por meses.

Deste modo a proprietária, uma mulher de 39 anos, foi presa em flagrante pelo crime de cárcere privado qualificado.

Ela foi encaminhada à unidade prisional, sem possibilidade de fiança na delegacia.